;
Contrate Já: (64) 3404-8181   Central do Cliente
Agora é oficial: PS5 é fisicamente o maior console do século

Agora é oficial: PS5 é fisicamente o maior console do século

Com quase 40 centímetros de comprimento, o console é muito maior do que seus concorrentes e outros videogames das últimas décadas

O preço do PS5 não foi o único número que a Sony confirmou sobre o console nesta quarta-feira (16). A empresa também divulgou de forma oficial as dimensões do console, confirmando suspeitas desde que o visual do produto foi anunciado: o PlayStation 5 é literalmente o maior videogame do século.

Neste sentido, nenhum outro console é tão comprido nos últimos anos. O console tem exatamente 39 centímetros de comprimento, o que é pouco mais de 17% maior do que o primeiro modelo do Xbox One, hoje apelidado de “Fat”, que foi amplamente caçoado em 2013 pelas dimensões que o faziam parecer um videocassete. Ele tinha cerca pouco mais de 33 centímetros.

Ao compará-lo com o Xbox Series X, a diferença é ainda mais notável. O novo console da Microsoft tem 30,1 centímetros de comprimento, o que faz com que o PS5 seja mais de 29% maior que seu principal rival no mercado.

Comparando com o universo PlayStation, a diferença é ainda mais interessante. Quando o PS4 chegou ao mercado, ele já era “Slim”, com dimensões bastante compactas, e apenas 27,5 centímetros de comprimento. Isso faz com que o PS5 seja 41% maior do que o seu irmão mais velho.

As dimensões reais do PS5 estão bem próximas das especuladas após o evento de apresentação do console. Na ocasião, a internet estimou com base nas imagens de divulgação e em componentes de tamanho conhecido, como o leitor de discos e as portas USB, o tamanho físico do console, utilizando cálculos proporcionais.

Apesar de tudo isso, o PS5 tem uma vantagem sobre o concorrente Series X em outra dimensão: a altura. O top de linha da Microsoft é muito mais atarracado, com 15,1 centímetros de altura quando deitado, enquanto o PS5 tem apenas 10,4 centímetros. Ou seja: o Xbox é mais de 45% mais alto do que o PlayStation.

Obviamente, um console ser maior ou menor não é necessariamente algo positivo ou negativo sobre um console. Afinal de contas, mais espaço para os componentes pode facilitar a ventilação e permitir que o calor se dissipe melhor, evitando superaquecimento, ao mesmo tempo que, pelo lado negativo, o console muito grande pode não ter espaço na estante dos jogadores e pode chamar atenção demais em uma sala, por exemplo.

Startup japonesa arrecada US$ 28 milhões para lançar plataforma de dados lunares

Startup japonesa arrecada US$ 28 milhões para lançar plataforma de dados lunares

O plano da startup ispace de levar um módulo de pouso à Lua em 2022, ganhou um “empurrãozinho” de investidores. A empresa japonesa arrecadou US$ 28 milhões em uma rodada de financiamento, dinheiro que será usado no desenvolvimento de seu artefato espacial.

Juntamente com o investimento, a ispace também anunciou um novo negócio chamado “Blueprint Moon”, o qual usará uma plataforma de dados para coletar e fornecer dados lunares a outras empresas, agências espaciais e organizações de pesquisa.

O negócio será uma via de mão dupla. Enquanto vai ajudar outras empresas e agências a criar negócios semelhantes, oportunidades de pesquisa e exploração, a startup gera mais receita no curto prazo, podendo focar em seus lançamentos mais ambiciosos.

Com o novo aporte, liderado pela IF SPV First Investment Partnership, o financiamento total já recebido pela startup chega a US$ 125 milhões. 

Nasa e SpaceX

Enquanto a ispace desenvolve seu módulo lunar, a Nasa e a SpaceX se preparam para a realização da primeira missão tripulada oficial resultante de sua parceria. Após ser adiado para setembro, foi redefinido que o voo operacional da Crew Dragon não deve ocorrer antes do dia 23 de outubro.

A tão aguardada missão levará ao espaço o comandante Michael Hopkins, o piloto Victor Glover e o especialista em missões Shannon Walker, todos da Nasa, além de Soich Noguchi, da agência espacial japonesa. 

A Nasa ainda está revisando todos os dados para dar a certificação oficial à Crew Dragon. Se nenhum problema for encontrado, a espaçonave deve voar novamente no fim de outubro.

Fonte: Olhar Digital

Instituto abre 16.000 vagas para cursos online e gratuitos de tecnologia

Instituto abre 16.000 vagas para cursos online e gratuitos de tecnologia

Após o sucesso na expansão dos cursos online e gratuitos durante a pandemia, o Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI) lança hoje dez novas modalidades de bootcamps na área de tecnologia da informação.

O IGTI abriu 16.000 vagas distribuídas entre 22 cursos online. O modelo de bootcamp é ideal para quem busca uma formação profissionalizante, para em um curto tempo poder entrar no mercado de trabalho. Na EXAME Academy, o curso exclusivo de introdução ao Data Science e Python oferecido pela escola de programação Let’s Code segue esse modelo.

Durante a quarentena, o IGTI teve o desafio de ajustar seu negócio para sair de 3.000 para 30.000 alunos. De acordo com Vinicius Bozzi, CEO do IGTI, eles encontraram um novo modelo sustentável para o negócio oferecendo cursos de qualidade e gratuitos, com os alunos pagando apenas uma baixa taxa de matrícula.

“Na primeira semana da quarentena, a gente tomou coragem para ampliar nosso público. A cada bootcamp, a empresa atingia 15.000 inscritos, mas só colocava 200 alunos para dentro. Com todos passando a aprender à distância durante a pandemia, arriscamos ao tornar o curso gratuito e ampliando o número de alunos para custear”, explica ele.

O CEO comenta que existe um top 3 de cursos mais procurandos. O primeiro é na área de ciência de dados, machine learning e business inteligence. Depois, aparece o desenvolvimento full stack. Em terceiro, fica segurança da informação.

Mas existem diversas demandas por habilidades do futuro em torno da transformação digital do mercado, entre os cursos com vagas abertas, há também formações em educador 4.0, gerente de projetos, profissional de transformação digital e analista de marketing digital.

Os cursos duram dois meses e têm uma abordagem prática e intensiva. Para se inscrever, os alunos devem ter mais de 18 anos e obter qualificação em uma prova online de lógica e fundamentos de programação. Não há mensalidade, mas os selecionados pagam a taxa de matrícula de 100 reais.

As inscrições podem ser feitas até 4 de setembro pelo site.

5 sinais de que chegou a hora de formatar seu celular

5 sinais de que chegou a hora de formatar seu celular

Se você já está com ele há algum tempo, digamos, mais que dois anos… é bom se preparar porque esses momentos podem se tornar mais comuns…

É mais ou menos nesse prazo que seu companheiro digital pode começar a dar sinais de fadiga… em geral, o primeiro sinal vem da bateria… 2 anos é um tempo mais ou menos comum para ela começar a apresentar queda de rendimento. Se a bateria estiver chegando ao fim da vida útil, não tem muito o que fazer a não ser substituir… Mas, há outras situações em que formatar o seu celular pode resolver vários problemas. Sim, a exemplo dos computadores – especialmente os que rodam Windows – também os smartphones podem se beneficiar da boa e velha formatação… Preste atenção nesses cinco sinais: eles podem indicar que a hora de dar uma renovada nas memórias do seu amigo digital chegou!

Travamentos

O primeiro sinal é o mais comum. Se o seu smartphone estiver travando muito, não hesite: formatá-lo pode tornar sua vida bem menos sofrida. Afinal, nenhum aparelho foi feito para ficar com a tela congelada. Travou demais? Prepare a formatação.

Bateria dura pouco

A gente começou dizendo que se o problema for o desgaste da bateria, não tem muita solução a não ser trocar… mas, antes de se preparar para a despesa, vale a pena tentar a formatação. Acontece que, muitas vezes, a queda de rendimento da bateria tem a ver com o software e não com o hardware. Se for esse o seu caso, formatar o telefone pode economizar vários reais – sem contar o incômodo…

Aplicativos não funcionam

Não se conforme com a situação. Se um aplicativo começa a dar mensagem de erro na hora de abrir pode até ser que esse aplicativo em particular tenha um problema. Desinstale e instale de novo. Se o problema persistir – ou pior – se o problema acontecer com mais de uma aplicativo, a solução pode estar na formatação. Faça, sem medo de ser feliz – ela pode resolver a maior parte desses problemas.

Comportamento estranho

Acontece com os melhores amigos. De uma hora para outra, ele começa a se comportar estranhamente… banners de publicidade aparecem do nada… ele fica mais lento… de repente algum dos seus contatos recebe uma mensagem que você não lembra de ter enviado… esses são sintomas de que seu amigo digital pode estar infectado com um malware – que a gente chama no popular de vírus. Aí, tem dois caminhos. Um: instale um antivírus. Nós fizemos um Laboratório Digital recentemente sobre os melhores. O link está logo abaixo desse vídeo. A outra solução, você já sabe: formatação.

Temperatura alta

Alguns aparelhos esquentam mesmo quando não estão sendo carregados. Aliás, quando um smartphone está conectado à tomada, é até comum uma certa elevação de temperatura – dependendo do modelo. Mas, se essa elevação for forte demais – ou pior, se o aparelho aumentar de temperatura mesmo que não esteja em uso, a formatação é novamente um bom caminho. Tem várias coisas que podem levar a essa variação de temperatura. Quase sempre, são aplicativos que continuam rodando em background – ou seja, continuam ativos mesmo que você não esteja usando. Para acabar com a farra, depois de formatar, só reinstale aplicativos de desenvolvedores confiáveis. E dê uma boa olhada no quanto cada aplicativo está consumindo de recurso do seu telefone. Tanto no Android quanto no iOS, é fácil conferir isso nas configurações.

Lembrete mais que importante! Antes de formatar seu celular, faça um backup total dele – assim você elimina o risco de perda de qualquer arquivo.

Talvez alguns estejam se perguntando: e como faço para formatar? Qual o caminho? Se for o seu caso, basta clicar no link que está logo abaixo deste vídeo. Preparamos um passo a passo super simples tanto para Androids quanto para iPhones. Ah! E tem também um link com dicas para fazer o backup do seu aparelho antes de formatar, é claro! Confira!

Fonte: Olhar Digital